Necessidade de relação sexual: sinais enviados pelo corpo

A necessidade da relação sexual pode se manifestar por meio de alguns sinais enviados pelo corpo, que refletem o desejo de contato físico e de vivenciar experiências emocionantes.

A falta de relações sexuais prejudica o corpo e o estado de espírito, mesmo que às vezes não percebamos. A necessidade da relação sexual vai além do prazer, na verdade é essencial para a saúde e o bem-estar.

Por várias razões, algumas pessoas tentam reprimir seus desejos sexuais; outros, por outro lado, são capazes de se expressar com mais facilidade e aproveitar ao máximo o relacionamento íntimo quando têm oportunidade.

No entanto, quando não se tem uma experiência sexual satisfatória por um longo período,  as necessidades físicas reprimidas podem se manifestar por meio de certos comportamentos ou sinais corporais . Vamos ver quais.

Dica extra: Se você está com baixa libido e não tem desejos sexuais, é recomendado você usar algum afrodisíaco ou estimulante sexual, e o Sildenax é considerado um ótimo estimulante para melhorar o desempenho sexual.

Sinais enviados pelo corpo quando a relação sexual é necessária

1. Insônia

Você não tem conseguido dormir ultimamente? A atividade sexual ajuda a secretar um hormônio chamado oxitocina, que é essencial para garantir um sono profundo e restaurador.

Quando uma pessoa passa muito tempo sem fazer sexo,  pode começar a sofrer de insônia.

2. Mau humor e estresse

Mudanças de humor, principalmente na esfera social , costumam ser um sinal enviado pelo corpo quando ele precisa de relações sexuais.

Obviamente, nem sempre essa é a causa de estresse e mau humor. No entanto, quando ficamos semanas ou meses sem fazer sexo, corremos um risco maior de exibir emoções negativas, como temperamento explosivo, pessimismo e mau humor.

O sexo melhora o humor e mesmo que as pessoas tentem ignorá-lo muitas vezes, é uma necessidade que não pode ser reprimida.

3. As fantasias aumentam

Em maior ou menor grau,  todas as pessoas sonham ou fantasiam com algumas práticas sexuais. Normalmente, essas fantasias eróticas ocorrem à noite ou como resultado de um estímulo.

No entanto, quando se tornam muito frequentes e aparecem em horários diferentes do dia, isso significa que o corpo está ansioso para a relação sexual.

4. Pele opaca

Parece estranho, mas a relação sexual melhora a condição da pele.  Quando você faz sexo com frequência, os poros se abrem e liberam as impurezas que se acumulam e causam manchas.

É claro que não estamos falando de um tratamento de beleza, mas  como qualquer outra atividade física, o sexo elimina toxinas  pelo suor e ativa a circulação sanguínea.

Se percebermos que de repente nosso rosto perdeu o brilho natural e surge acne, pode ser um claro indício da necessidade de relação sexual.

5. Seja menos sociável

Não fazer sexo por um longo período pode levar ao isolamento social. Isso se explica pela menor produção de endorfinas, substâncias que nos ajudam a manter o bom humor e a vontade de estar perto de outras pessoas.

6. Desconforto físico

A ausência de relações sexuais diminui a produção de serotonina e endorfinas , conhecidas como hormônios da felicidade e famosos por agirem como analgésicos naturais.

7. Insegurança

É muito provável que, ao deixar de ter relações sexuais, a pessoa  comece a sentir alguma insegurança em  relação a si mesma e a tudo o que faz.

Sexo é uma atividade que melhora a autoestima e permite que você se sinta desejado.

A abstinência causa grande insatisfação que pode levar à depressão, ansiedade e dificuldade para tomar decisões corretas.

8. Solidão

Depois de passar muito tempo sem fazer sexo,  a solidão toma conta e pode acontecer o seguinte:

  • A ideia de ligar, encontrar ou retornar com um ex-parceiro vibra.
  • Você procura sexo em uma pessoa próxima, como um amigo ou amante.
  • Você quer sexo casual com alguém que conheceu em uma festa, especialmente depois de ter bebido muito.

Todas as escolhas devem ser evitadas, pois  podem ter consequências negativas, embora não em todos os casos.