Empresarial

Redação do Gterra, 28/04/2010 às 07h39min

Lojistas querem vender mais

"Apostamos nos lançamentos e na entrega de brindes, de acordo com o valor da compra.

Foto: Divulgação As lojas de perfumaria, por exemplo, já estão com os estoques garantidos para atender a demanda
As lojas de perfumaria, por exemplo, já estão com os estoques garantidos para atender a demanda
Edição Gterra


Os lojistas do Centro comercial de Teresina já estão comemorando as vendas com a proximidade do Dia das Mães. Esta data é considerada por muitos comerciantes como o segundo período do ano de melhores vendagens. Em alguns segmentos, a expectativa de acréscimo chega a 30% em comparação com o ano anterior. Nos dias que antecedem a data comemorativa, os lojistas pretendem superar esta marca, que pode chegar a 45% na sexta-feira e no sábado. Várias são as opções de presente. Perfumes, eletrodomésticos, eletroeletrônicos e vestuários estão no topo das preferências e as lojas estampam suas promoções e facilidades para atrair a clientela.
O presidente do Sindicato dos Lojistas, Luis Veloso, está otimista com o período e diz que o crescimento do setor vem sendo gradativo. De acordo com ele, o Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística- IBGE registrou entre os meses de março e abril acréscimo de 11% nas vendas do Piauí. "O Dia das Mães é o 'segundo dezembro' do ano e aguardamos agora alavancar as vendas". Ele diz ainda que as contratações em abril são mínimas, mas que não há rescisões contratuais.
"Em toda data comemorativa do calendário focamos em trabalhar a temática e nos Dia das Mães não é diferente. Nós dispomos de pacotes de presentes que configurem o perfil da pessoa que será presenteada. A mulher moderna, a dona de casa, a refinada, a empresária e assim por diante. O cliente vem e diz o que procura e nós os auxiliamos com produtos bem produzidos", disse Kalina Melo, gerente uma loja de perfumes, localizada no antigo calçadão da Simplício Mendes.
"Apostamos nos lançamentos e na entrega de brindes, de acordo com o valor da compra. Os clientes gostam de receber as miniaturas porque lhes dão a oportunidade de conhecer os produtos novos. Pretendemos vender na véspera até 45% a mais", comentou empolgada a gerente.
Ela menciona ainda que antes das obras de revitalização do Centro, a visibilidade da loja era restrita. Agora, com a rua liberada, ela diz que as pessoas que passam se encorajam mais a entrar. "O acesso ficou melhor depois da finalização da obra. Amanhã vamos expor os estojos de produtos aqui em frente. Isso deixa as pessoas mais próximas do que ofertamos", concluiu.
As linhas brancas dos eletrodomésticos e ainda os eletrônicos não deixam de ser requisitados anos após ano pelos consumidores. Geladeiras e fogões são bem procurados neste período. É o que diz o gerente de loja José Gadelha. "É inevitável que os filhos queiram trocar algum item de utilidade prática que estejam bem desgastados. Apostamos na divulgação das promoções na mídia e toda loja deve ter ousadia para cobrir ofertas da concorrência, porque as pessoas estão dispostas a comprar e isso garante a venda", mencionou o gerente de loja de eletro, que aguarda um crescimento de 10% no setor.
Mas ele aponta que a venda de televisores será alta, aproveitando também a chegada da Copa do Mundo de Futebol. "As TVs de LCD e Plasma são uma boa pedida e nossa intenção é baixar cada vez mais os preços. A chance de comprar é agora", disse otimista.





Fonte: Edienari dos Anjos/DP

Comentários (0)


Formulário Comentário  

Deixe seu comentário




 


 


 





OBS: Todos os campos marcados com * (asterisco) são de preenchimento obrigatório!