Geral

Redação do Gterra, 13/05/2010 às 07h50min

O Rio Parnaiba esta morrendo

A cada anoa as coroas ficam maiores e o Governo não faz nada

Foto: Divulgação As coroas do rio Parnaíba aumentam a cada ano e em alguns trechos o rio pode ser atravessado a pé
As coroas do rio Parnaíba aumentam a cada ano e em alguns trechos o rio pode ser atravessado a pé
Edição Gterra


As coroas que se espalham pelo rio Parnaíba são sinais do crescente assoreamento do rio. A cada ano a impressão é que as coroas ficam mais largas e tomam um espaço maior do rio Parnaíba. Ambientalistas afirmam que nessas condições, a água do rio pode desaparecer nos próximos 30 anos.
 
No trecho situado em frente à avenida Maranhão e ao lado do Troca-troca já é possível verificar o aumento das coroas, onde é possível atravessar metade do rio a pé. Por conta disso, o barco que faz a travessia de passageiros entre Teresina e Timon tem que procurar alternativas para conseguir chegar mais próximo da margem.


O geógrafo e vice-presidente da Fundação Rio Parnaíba (Furpa), Carlos Máximo, afirmou que a falta de tratamento dos esgotos é o principal responsável pela poluição nos rios de Teresina. "Somente 15% do esgoto da capital recebe tratamento. O rio recebe todo tipo de material. A areia acumulada nas margens vão para o centro e os dejetos jogados ali fazem com que cresça a vegetação", diz. Ele diz que uma pesquisa realizada pela Fundação foi que identificou que o rio não dura mais de 30 anos.


"Não existe nenhum trabalho de contenção do assorea-mento. O poder público não se preocupa e o problema se agrava cada vez mais", disse. Para o geógrafo, a situação pode piorar com a instalação de hidrelétricas no rio, já que estão previstas a construção de cinco no Estado. Ele diz que a situação é mais grave no trecho do rio que passa por Teresina.

"Nas outras cidades a situação é menos grave. O que mata o rio em Teresina é a quantidade de esgoto jogado sem tratamento. Enquanto aqui 85% do esgoto não é tratado em cidades como Florianópolis ocorre exatamente o contrário", exemplifica.


O vice-presidente da Furpa disse que um estudo apontando a quantidade de bocas de lobo existentes ao longo do rio já foi apresentado à prefeitura, mas até o momento nada foi feito para conter o assorea-mento e a poluição. A situação do rio ainda prejudica a vida de espécies que vivem dentro dele, bem como de populações ribeirinhas, que consomem essa água. "Por mais que essa água seja filtrada, algumas substâncias continuam nela e podem acarretar problemas de saúde para quem a consome. Essa água é totalmente imprópria para o consumo", afirmou.


A cor da água do rio também é um sinal da sua poluição. "É uma água que tem mais hidrogênio que oxigênio e por isso fica escura", diz. Entre os ambientalistas o futuro dos dois rios que cortam a cidade não é muito promissor. "A tendência é a cidade perder seus dois rios", disse Carlos Máximo.





Fonte: Juliana Nogueira/DP

Comentários (1)

  • E O GOVERNO PARADO . ¨FAZ ALGUMA COISA GOVERNO ANTES QUE SEJA TARDE DE MAIS¨ GESSIVANIA ARAUJO, Teresina-PI - 30/06/2011 às 11h20min

Formulário Comentário  

Deixe seu comentário




 


 


 





OBS: Todos os campos marcados com * (asterisco) são de preenchimento obrigatório!