Municípios

Redação do Gterra, 17/05/2017 às 09h08min

Piauí realiza encontro estadual do Programa Água Doce na sexta (19)

A primeira etapa do programa visa à construção e monitoramento de 67 sistemas no Semiárido

Foto: Ccom Piauí realiza encontro estadual do Programa Água Doce na sexta (19)
Piauí realiza encontro estadual do Programa Água Doce na sexta (19)
 Edição: Gterra

O governo federal, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente, e o Governo do Piauí, por meio do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Piauí (Emater), realizam, na sexta-feira (19), a partir das 8h, o I Encontro Estadual do Programa Água Doce (PAD). O evento reúne, no auditório do Gran Hotel Arrey, na Morada do Sol, prefeitos de 11 municípios do Semiárido piauiense, representantes das comunidades beneficiadas e as coordenações nacional e estadual do programa. Na oportunidade, serão apresentados os resultados gerais do programa no Piauí, bem como as informações sobre a gestão compartilhada e a atualização técnica e social da metodologia.
Na primeira etapa do programa, foram implantados três sistemas de dessalinização sustentável no município de Betânia do Piauí, beneficiando cerca de 100 famílias, com o investimento de mais de um milhão de reais. O objetivo do Governo do Estado é totalizar 67 sistemas de dessalinização, com execução de mais de R$ 13 milhões, beneficiando cerca de 26 mil pessoas em 11 municípios.
Atualmente, estão sendo construídos sete sistemas no município de Campo Alegre do Fidalgo. O coordenador Adalberto Nascimento acrescenta que seis obras estão em fase final de acabamento, seguido da instalação dos sistemas de dessalinização, e que o município foi escolhido por ter uma situação crítica de abastecimento de água. “Segundo o Ministério do Meio Ambiente, esse é o município número um de criticidade de acesso a água do estado do Piauí, por isso é o primeiro a receber todos os sistemas”, explicou Adalberto.
Serão sete comunidades rurais em seu entorno, que receberão água de qualidade para o consumo humano, alimentação e banho de recém-nascidos. “Diretamente serão beneficiadas 300 famílias e, no entorno das comunidades, 700 famílias, além de gerar renda com a contratação de mão-de-obra local para a construção dos sistemas”, finalizou o coordenador.
Encontro
Um dos parâmetros da metodologia do programa é a realização do encontro estadual. De acordo com o diretor-geral do Emater, Marcos Vinicius, a presença dos gestores municipais é de extrema importância não só para a realização do encontro, mas para o bom andamento do programa, pois vai promover o conhecimento sobre os benefícios do programa e a atuação/ gestão das comunidades.
“Eles terão oportunidade de conhecer cada componente do programa para que a pactuação que existe entre os governos federal, estadual, prefeituras e as comunidades possa se dar de maneira harmoniosa e obedecendo à metodologia do programa. A expectativa é que se possa ter conhecimento para facilitar os acordos de gestão que tem como objetivo o gerenciamento e a sustentabilidade dos sistemas”, finalizou Marcos Vinicius.




Fonte: Ccom

Comentários (0)


Formulário Comentário  

Deixe seu comentário




 


 


 





OBS: Todos os campos marcados com * (asterisco) são de preenchimento obrigatório!