Polícia

Redação do Gterra, 12/12/2008 às 06h58min

ESTUPRO : Macumbeiro não deixa escapar nem a enteada

“Zé Olhinho”, 60 anos, que é conhecido na região como macumbeiro, é acusado de ser o autor do estupro praticado contra a menor de iniciais R.S.S., 13 anos, que é sua enteada.

O delegado Vicente de Paulo, do município de Esperantina, a 175 quilômetros ao Norte de Teresina, afirmou que o aposentado José Chaves, o “Zé Olhinho”, 60 anos, que é conhecido na região como macumbeiro, é acusado de ser o autor do estupro praticado contra a menor de iniciais R.S.S., 13 anos, que é sua enteada. O fato teria acontecido no bairro Santa Luzia, naquela cidade.
Segundo Vicente de Paulo, os levantamentos feitos pela polícia indicam que a criança vem sendo “usada” por “Zé Olhinho” desde quando tinha apenas 10 anos. O laudo do exame pericial revela desvir-ginamento antigo.
Ao ser ouvida sobre o assunto, Francisca das Chagas Oliveira, mãe da criança, que é separada do pai biológico da garota e que mora com o acusado de autoria do estupro, discorda da filha e disse que a mesma não presta e que ela mantém um relacionamento com um homem conhecido como “Elias”.
O delegado Vicente de Paulo esclareceu que a garota mora atualmente com o seu pai e quando passava o dia na casa do padrasto “Zé Olhinho”, era extuprada, segundo ela mesma revelou na delegacia .




Fonte: Diário do Povo

Comentários (0)


Formulário Comentário  

Deixe seu comentário




 


 


 





OBS: Todos os campos marcados com * (asterisco) são de preenchimento obrigatório!