Polícia

Redação do Gterra, 08/06/2011 às 09h55min

Tráfico da Maré picota traíra e põe as fotos do presunto no Youtube

Quadrilha ainda fez funk proibidão para se gabar da execução do bandido, que teria sumido com fuzil

Edição Gterra


A execução de um homem na Favela Nova Holanda, no Complexo da Maré, virou motivo para mais uma demonstração da audácia dos traficantes do Comando Vermelho (CV).

Identificada como Mimi, a vítima faria parte da quadrilha e teria sido esquartejada pelos comparsas, que fotografaram as partes do corpo e colocaram no site Youtube - as imagens aparecem ao som de um funk, supostamente feito pelos próprios bandidos, dizendo que o morto teria sido condenado por trair o bando.

A polícia não tem informações sobre o crime, que, segundo moradores da favela, teria acontecido no último sábado. O vídeo, que entrou no ar na segunda-feira, foi removido do Youtube pela Google, empresa responsável pelo site, por ferir a política de divulgação de imagens da página.

A sentença de morte se deu porque Mimi teria prometido conseguir um fuzil para o bando, mas teria sumido com a arma. Em uma das fotos, a cabeça da vítima aparece separada do corpo e com um machado enterrado no topo.

"O bonde tá pesado, se liga na minha ideia: traidor aqui não fica, vai pro massacre da serra elétrica", diz um trecho do funk que serve como trilha sonora macabra para o vídeo com as fotos.

Mimi seria integrante da fação Terceiro Comando Puro (TCP), mas teria migrado para o CV e estaria tentando unir as duas facções. O estopim para a morte do bandido teria sido a promessa de um fuzil. "Ele disse que levaria um fuzil para os ‘amigos' da Nova Holanda. Mas ele não apareceu com a arma", disse morador, acrescentando que

Mimi tentava, a todo custo, se aliar ao CV. "Só que o pessoal da Nova Holanda descobriu que ele estava se infiltrando para buscar informações e repassar aos inimigos".

Nada foi encontrado domingo

O comandante do 22º BPM (Maré), tenente-coronel Gláucio Moreira, informou que no domingo recebeu recebeu denúncia anônima de que haveria um corpo na Favela Nova Holanda. Uma equipe foi ao local, inclusive com carro blindado, mas nada foi encontrado. Ele afirma que não ter como dizer se realmente havia um cadáver e se teria relação com o vídeo.

A Divisão de Homicídios (DH) também desconhece o caso e informou que não recebeu qualquer informação sobre o crime. A Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) vai tentar rastrear para identificar o usuário que postou as imagens no Youtube. A assessoria do Google informou que o vídeo foi excluído por violar a política de distribuição da empresa




Fonte: Meia Hora

Comentários (2)

  • bem feito pra esse otario q tento trair o bonde porra
    enois e o comando porra!1
    yago oliveira, Mar de Espanha-MG - 08/06/2011 às 21h01min
  • nossa mãe que coisa orrivel
    amanda amanda de melo , Bom Jardim-RJ - 08/06/2011 às 12h50min

Formulário Comentário  

Deixe seu comentário




 


 


 





OBS: Todos os campos marcados com * (asterisco) são de preenchimento obrigatório!