Política

Redação do Gterra, 19/04/2017 às 19h17min

Governo atende reivindicações do MST

Wellington Dias reuniu-se com representantes de Movimento dos Trabalhadores Sem Terra nesta quarta-feira (19).

Foto: Ccom Governo atende reivindicações do MST
Governo atende reivindicações do MST
Edição: Gterra

O governador Wellington Dias reuniu-se, nesta quarta-feira (19), no Palácio de Karnak, com representantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) para tratar de reivindicações. As pautas apresentadas são acerca da melhoria da qualidade de vida do homem do campo no que diz respeito à agricultura familiar e reforma agrária.

Das pautas apresentadas, Wellington se comprometeu a apoiar o MST na aquisição de equipamentos para a melhoria do trabalho com a terra, a solucionar os problemas na rede de energia elétrica e a investir nas escolas do campo. "Há ainda a necessidade de trabalhar uma parceria com o programa Viva o Semiárido e programas de financiamento para a assistência técnica. Tudo é uma questão de diálogo, que quando resulta no cumprimento da pauta, todos são beneficiados. O governo apoia o movimento e estará sempre aberto para atendê-los", pontuou o governador.

Segundo o diretor estadual do MST, Germano de Carvalho, foram feitos importantes encaminhamentos que irão contribuir para o desenvolvimento dos assentamentos. "Um kit de irrigação que é disponibilizado pelo governo, por exemplo, consegue atender a 6 famílias. Aqui estamos tratando de 33 kits que estarão beneficiando muitas pessoas de vários municípios do Piauí dentro de 90 dias. São assentamentos que já possuem áreas planejadas, que dispõem de água, energia e que apenas esperam esse apoio do governo, que hoje se comprometeu a levar as melhorias. Foi uma reunião com muitos resultados positivos", destacou.

As demais reivindicações do movimento vêm sendo atendidas desde 2016. "As pautas apresentadas no ano passado estão sendo cumpridas, tais como melhorias na parte de educação, com contratação de servidores para atender as escolas do campo, a qualificação dos educadores nas escolas, entrega dos kits de irrigação e a perfuração de um poço. O cumprimento das ações tem resultado num bom relacionamento com o MST e com a melhoria de qualidade de vida dos trabalhadores rurais, que é o mais importante", afirmou o secretário de Estado, Merlong Solano.

Além das pautas estaduais, o MST traz o Abril Vermelho, um movimento que objetiva denunciar o Massacre do Eldorado dos Carajás, que aconteceu em abril de 1996, além de lutar por políticas públicas que ofertem mais qualidade de vida ao trabalhador rural. Além da reforma agrária, neste ano, o MST vai às ruas para lutar contra a Reforma da Previdência.

"O Abril Vermelho antecipa uma grande marcha que será realizada em Brasília, no mês de agosto, onde o MST Nacional irá manifestar a sua posição contrária à Reforma da Previdência, que retira os direitos dos trabalhadores. O governador do Piauí se mostrou interessado em contribuir conosco na ação e o seu apoio é muito importante para o fortalecimento dessa luta", disse o diretor nacional do MST,João Luís Vieira.






Fonte: Ccom

Comentários (0)


Formulário Comentário  

Deixe seu comentário




 


 


 





OBS: Todos os campos marcados com * (asterisco) são de preenchimento obrigatório!