Política

Redação do Gterra, 13/02/2017 às 18h13min

Wellington abre ano letivo com inauguração de escola profissionalizante

O Centro Estadual de Educação Profissional José Pacífico de Moura Neto ofertará 1.200 vagas em nove cursos técnicos.

Foto: Ccom Wellington abre ano letivo com inauguração de escola profissionalizante
Wellington abre ano letivo com inauguração de escola profissionalizante
 Edição: Gterra

O governador Wellington Dias inaugurou, nesta segunda-feira (13), o Centro Estadual de Educação Profissional José Pacífico de Moura Neto, ocasião na qual também fez a abertura do ano letivo das escolas da rede estadual de ensino. O centro é um complexo educacional de grande porte, com capacidade para atender mil alunos do Ensino Médio Integrado e com 1200 vagas para até nove cursos técnicos profissionalizantes nos turnos manhã, tarde e noite.

Segundo Wellington Dias, é importante ressaltar a oportunidade que diversos cidadãos terão de voltar aos estudos. “Os cursos disponibilizados no três turnos é justamente para atender a todos. Aqueles que, por exemplo, possuem ocupações durante o dia poderão se qualificar a noite. Hoje temos mais instrumentos para que os adultos retomem os estudos e pretendemos ampliar os cursos”, destacou o governador.

Os cursos disponibilizados são os de Análises Clínicas, Enfermagem, Saúde Bucal, Informática, Segurança do Trabalho, Farmácia, Manutenção em Informática e Edificações. A novidade é que também será ofertado o curso de Manutenção Automotiva, uma demanda antiga da comunidade. “Queremos botar ainda cursos nas áreas de comércio e serviços, que têm crescido muito no estado. A intenção é ofertar qualificação de acordo com as demandas locais”, ressaltou Wellington.

Aluna do 1º ano do Ensino Médio do Centro Profissional, Fernanda Ravenna optou pelo curso de Segurança do Trabalho. A jovem terá aulas regulares e aulas profissionalizantes no turno da tarde. “Espero finalizar o ensino médio com uma educação de qualidade e ainda com o certificado de qualificação nas mãos, o que me dará mais oportunidades de ingressar no mercado de trabalho”, disse a estudante.

O Centro José Pacífico foi construído no padrão do Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação (FNDE) e está orçada em R$ 17.310.721,60. “A escola estava paralisada desde 2010, portanto, tivemos o cuidado de trazer o presidente do FNDE, Silvio de Sousa Pinheiro. Relatamos a situação do local e ele encaminhou os recursos, tanto deste centro, quanto do de Esperantina, que foi entregue no final de 2016”, pontuou a secretária de Estado da Educação, Rejane Dias.

Situada no loteamento Manoel Evangelista, região do grande Dirceu (zona Sudeste de Teresina), o centro conta com doze salas de aula, seis laboratórios básicos (Física, Biologia, Matemática, Química e dois de Informática), auditório (com capacidade para 200 pessoas), biblioteca, teatro de arena, área de convivência (refeitório, cozinha, quadra poliesportiva coberta), além de dois grandes laboratórios especiais.

Escolas de Tempo Integral

Nesta segunda-feira (13), as aulas retornam para as mais de 600 escolas da rede estadual espalhadas pelo estado, que receberão os 209.799 estudantes matriculados até agora. Neste ano, a novidade é o aumento do número de escolas de Tempo Integral, que até então, chegava a 44 unidades e 12 mil alunos beneficiados. No segundo semestre do ano, o estado contará com mais 25 escolas, somando um total de 69 escolas de Tempo Integral.




Fonte: Ccom

Comentários (0)


Formulário Comentário  

Deixe seu comentário




 


 


 





OBS: Todos os campos marcados com * (asterisco) são de preenchimento obrigatório!