Política

Redação do Gterra, 02/12/2013 às 15h29min

Wilson anuncia antecipação do 13º e fala sobre mudanças no governo

Ao todo, devem ser inseridos mais R$ 110 milhões na economia piauiense.

 O governador Wilson Martins anunciou a antecipação do 13º salário aos servidores estaduais na manhã desta segunda-feira (2). O pagamento que seria realizado entre os dias 17 e 20 agora passará para o dia 13 deste mês. Ao todo, devem ser inseridos mais R$ 110 milhões na economia piauiense.

“Estamos antecipando o 13º para os servidores que tem contribuído muito para as passadas largas que demos ao longo dos últimos anos. Crescemos 6,1% enquanto o Brasil cresceu 2,7% em 2011. Queremos comemorar isso com os servidores”, declarou.

Wilson Martins relembra que o Estado atualmente só está pagando o que contrata e só realiza contratos que pode pagar. “A nossa capacidade de endividamento aumentou porque regularizamos as nossas contas. Podemos contrair empréstimo de 200% da nossa receita corrente líquida, o que equivale a R$ 10 bilhões. Isso nos permite não só vislumbrar o presente como planejar o futuro”, acrescentou.

O governador disse ainda que 17 estados no Brasil não conseguiram cumprir a lei de responsabilidade fiscal, e o Piauí está melhor que a maioria das unidades federativos. “Estamos sob controle. Mas pela fragilidade do pacto federativo, da falta das reformas fiscais e tributária, é preciso que tenhamos muito cuidado. Porque é um equilíbrio frágil. Dentro da fragilidade, estamos bem na fita. Vamos aumentar o nosso investimento em mais de 50% em relação ao ano passado. Isso nos permitiu a antecipar o 13º, algo que não ocorria há muito tempo”, declarou.

Política

Wilson Martins confirmou que no dia 2 de janeiro irá realizar mudanças no seu governo. Segundo ele, a medida irá “rearrumar” a gestão, já que muitos integrantes e partidos já estão com vistas no processo eleitoral de 2014.

“Quando chegar 2014, já estou começando a discutir. Na rearrumação, daremos um norte e saber onde estamos e para quem quer continuar a trabalhar no nosso governo. Só vai continuar quem estiver disposto e for favorável ao projeto que temos traçado. Ninguém é forçado a ficar nem vamos permitir que fiquem. A decisão dará um norte para abril. Um passo a cada dia”, pontuou.

Grande salto

O governador comemorou a receita corrente líquida do Estado acima da inflação e prevê aumentar os investimentos em mais de 50% em relação ao ano anterior.

"Estamos muito bem na fita. O Piauí vive um momento especial, sob controle, e a antecipação do 13º é resultado disso. Crescemos 6,1% no PIB e temos uma capacidade de contratação jamais vista, em torno de R$ 10 bilhões. Já podemos projetar o futuro", comentou.



Fonte: CV

Comentários (0)


Formulário Comentário  

Deixe seu comentário




 


 


 





OBS: Todos os campos marcados com * (asterisco) são de preenchimento obrigatório!